DOBRE SUAS VENDAS COM MENSAGENS

Especialista em vendas através de mensagens dá dicas para duplicar suas vendas com email, whatsapp, messenger e sms

preencha o formulário e receba dicas DE vendas através de mensageNS

  • Escritor
  • Palestrante
  • Blogueiro
  • Marketeiro
  • Anti-guru
  • Leia mais

O que os especialistas dizem...

Anderson Chipak surpreendeu a todos com uma técnica simples de compreender, fácil de executar e capaz de realmente trazer para um empreendedor digital a coisa mais importante de todas: resultados.

João Pedro Rezende
CEO e Fundador da Hotmart
www.Hotmart.com

Gostei muito da técnica do Anderson Chipak. Acredito que ela vai ajudar muita gente que está perdida no mundo das informações do internet marketing e quer gerar resultados de verdade.

Conrado Adolpho
Autor do livro 8 Ps do Marketing Digital
www.8ps.com

A estratégia implementada pelo Anderson Chipak para gerar conversões através de conteúdo é absolutamente fantástica. Um verdadeiro guia prático para rentabilizar o seu tráfego de uma forma eficaz e com resultado garantido.

Paulo Faustino
Co-fundador do Afiliados Brasil
www.AfiliadosBrasil.com.br

Conseguir as primeiras vendas de um produto é sempre uma tarefa muito difícil. Mas, com a técnica do Anderson Chipak, com certeza isso será conquistado por muito mais pessoas.

Camila Porto
Especialista em Facebook
www.camilaporto.com.br

Acompanho o Anderson Chipak há um bom tempo e definitivamente TUDO o que ele ensina realmente funciona. As técnicas criadas por ele são demais! Posso comprovar que dá resultados!

Maicon Rissi
Empreendedor Digital
www.MaiconRissi.com

O Chipak consegue sintetizar os conceitos primordiais para que uma pessoa comum possa começar do zero e ter resultados em curto prazo.

Rodrigo Morais
Especialista em Copywritting

O que os alunos dizem...

Ótimo Curso!! Em português não existe nada parecido, depois desse curso minha visão mudou totalmente sobre criação de posts e artigos para venda. Fazendo agora de forma planejada, estruturada e com muito mais facilidade para criar. Não preciso mais ficar horas pensando no que escrever, com a técnica ensinada no Demolição Digital o post é gerado em pouco tempo e recebendo muito mais audiência. Estou totalmente satisfeito.

Fagner Sá de Souza
Aluno de Anderson Chipak

O Demolição é um curso único. O Anderson Chipak faz um passo-a-passo real com os alunos. As aulas são liberadas semanalmente e os alunos têm que seguir fazendo as tarefas. Não tem como não dar certo. Ele está pegando a pessoa pela mão e ensinando como as coisas funcionam de fato. É fantástico. Pode adquirir sem medo.

André Silva Monte
Aluno de Anderson Chipak

Produto Show e Único no mercado digital. Ensinamentos diferenciados e tarefas precisas para colocar em pratica o ensinado. Recomendo 150%.

Alejandro Salinas
Aluno de Anderson Chipak

VICIANTE! É tudo o que eu posso dizer sobre o Demolição Digital. Anderson Chipak acertou a mão na hora de passar o conteúdo em forma de texto. O conteúdo é bem denso e detalhado, fazendo com que seja muito fácil assimilar tudo. Este treinamento foi um achado e tanto para meu futuro como blogueiro empreendedor.

Alan Bruno Chiapetta
Aluno de Anderson Chipak

O curso é espetacular. Só a didática do Anderson Chipak aliado ao formato em texto das aulas, que facilita seguir os passos, já é um diferencial. Mas depois de ver o conteúdo, que é denso e muito detalhado, não tem como errar. Esse curso eu indico de olho fechado. Vale o investimento.

Mauro Pedrini
Aluno de Anderson Chipak

O curso Demolição Digital simplesmente veio para ficar! Conteúdo extremamente poderoso, onde o Anderson ensina passo a passo o caminho das pedras para o sucesso dos seus projetos online, sem enrolação, onde ele ensina a forma correta de como iniciar e manter seu negócio digital tendo lucros vitalícios, se você assim como eu já fez diversos cursos e já está cansado de gastar tanta grana sem obter resultados expressivos e crescentes, acredite o Demolição Digital é pra você! Parabéns Anderson Chipak pelo curso e muito obrigado por compartilhar seus conhecimentos.

Roberto Lorenzo
Aluno de Anderson Chipak

Generosidade !!! É como defino todo o conteúdo que existe dentro desse curso. Imagine alguém pegar o conhecimento que o levou ao sucesso e sem esconder NADA disponibilizar para outros poderem fazer o mesmo... Foi isso que o Anderson Chipak fez ao nos dá a oportunidade de aprender de verdade como se monta um negócio verdadeiramente sustentável na Internet. Só Posso Dizer Obrigado!!!!!

Andérly Lima
Aluno de Anderson Chipak

Estou muito satisfeito com o curso. Material denso, com a profundidade necessária para quem quer estudar e aprender sobre negócio na internet. Falar do autor é fácil, pois tudo que o Anderson Chipak se propõe a fazer, ele entrega com maestria e competência. Nada melhor do que ter uma pessoa assim como nosso coaching. Eu adotei-o. Abs

Laercio Pacanari
Aluno de Anderson Chipak

De todos os cursos que fiz para aprender a trabalhar como afiliado este e o melhor de todos, a maioria dos cursos possuem muita teoria e nada de pratica, no demolição digital tem muita pratica e só não aprende quem não deseja mesmo aprender.

Edmundo França Ribeiro
Aluno de Anderson Chipak

Email Marketing: Guia Completo [+Exemplos]

O email marketing existe desde sempre e por boas razões.

É uma das maneiras mais diretas e eficazes de se conectar com seus leads, nutri-los e transformá-los em clientes, conquistando consistentemente todos os outros canais de marketing.

Neste guia, vou te orientar durante todo o processo de configuração do seu funil de email marketing, para que você possa adquirir leads e gerar vendas 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O que é email marketing?

O email marketing é a estratégia de marketing digital altamente eficaz de enviar emails para prospectos (clientes em potencial)  e clientes. Emails de marketing eficazes convertem prospectos em clientes e transformam compradores únicos em fãs leais e delirantes.

Este guia é para aqueles que estão prontos para se comprometer com o marketing por email. Se não tiver certeza, leia nosso guia sobre por que você precisa criar uma lista de emails AGORA!

Este é um guia longo e detalhado, por isso dividimos em seções diferentes que você pode usar nos links do Sumário abaixo.

Ao usar este guia definitivo, você saberá:

  1. Como criar uma lista de email corretamente para seu público-alvo.
  2. Como otimizar seus emails para obter as maiores taxas de abertura e taxas de cliques (CTR).
  3. Como automatizar o processo de alimentar seus leads e transformar prospectos em clientes.

Depois disso, vamos mergulhar no guia mais completo sobre email marketing que você vai encontrar.

A importância do email marketing

Explicamos o que é marketing por email, mas ainda não descobrimos por que o email marketing é tão importante para os seus negócios. Vamos falar sobre isso agora.

Apesar do aumento das mídias sociais e dos emails não solicitados (a propósito, que nunca é uma boa estratégia de marketing), o email continua sendo a maneira mais eficaz de alimentar leads e transformá-los em clientes.

Há muitas razões pelas quais você deve tornar o email marketing uma das suas principais prioridades, mas aqui estão as três principais:

1. O email é o canal de comunicação nº 1. Você sabia que pelo menos 99% dos consumidores verificam seus emails diariamente? Isso não pode ser dito de nenhum outro canal de comunicação.

2. Você possui sua lista. Em qualquer plataforma de mídia social, sua conta (junto com todos os seus fãs e postagens) pode ser suspensa ou excluída a qualquer momento, por qualquer motivo, sem aviso prévio. No entanto, você possui sua lista de emails. Ninguém pode tirar essa lista de você.

3. O email converte melhor.  As pessoas que compram produtos comercializados por email gastam 138% a mais do que as que não recebem ofertas por email. O email marketing tem um ROI médio de 4400% . E se você está se perguntando se mídia social converte melhor, pense novamente: o valor médio do pedido de um email é pelo menos três vezes maior que o valor da mídia social.

O email é simplesmente a melhor maneira de fazer vendas online.

Como fazer: Email Marketing

Quer saber como começar com o email marketing? O marketing por email é composto de várias partes variáveis, mas isso não significa que precisa ser complicado.

Vamos decompor as partes…

Você começa construindo sua lista. Através de ferramentas de captação de emails você pode começar a montar sua lista, mesmo sem um serviço de email marketing.

Algumas ferramentas permitem que você começe a captar emails e armazene-os de maneira segura até que possa contratar um serviço. Então, você pode começar sem ao menos saber qual serviço de email vai utilizar.

Adiciona um serviço de email. Existem dezenas de serviços de email marketing que permitem fazer o disparo de mensagens automaticamente.

Após essas duas etapas, é apenas uma questão de refinar suas listas e suas mensagens, para que você alcance seu público e realmente se conecte com eles.

Vamos fazer tudo isso aqui embaixo.

Construindo ou aumentando uma lista de emails

O que a maioria das pessoas faz quando deseja criar uma lista de emails é colocar um formulário de inscrição no site e esperar que as pessoas se inscrevam. Infelizmente, essa estratégia geralmente não funciona muito bem.

Para construir ou aumentar sua lista de emails, você precisa atrair pessoas com uma oferta interessante para elas. Você precisa de uma isca digital.

Isca Digital

O que é uma isca digital?

Uma isca digital (também conhecida como lead magnético) é algo incrível que você oferece gratuitamente em troca de um endereço de email. Não precisa custar nada para você criar; a maioria das iscas são materiais digitais como PDFs, arquivos de áudio MP3 ou vídeos que você pode criar por um custo mínimo ou sem custo.

Pode ser absolutamente o que você quiser, desde que ofereça valor aos seus visitantes gratuitamente.

Alguns exemplos populares de iscas digitais são:

  • Ebooks
  • Estudos de caso
  • Webinários
  • Amostras grátis
  • Orçamento ou consulta grátis
  • Testes ou autoavaliação
  • Cupom de desconto

As possibilidades são infinitas!

O que torna uma isca digital boa?

Você já sabe que uma isca digital precisa entregar valor gratuitamente. Mas se você quer que sua isca seja altamente eficaz, aqui estão cinco critérios a considerar:

1. Consumido com facilidade: as iscas digitais só são eficazes quando o público os usa; portanto, se você entregar uma bíblia de 300 páginas, não será eficiente.

2. Acionável: as iscas digitais precisam entregar uma ferramenta acionável, conjunto de habilidades ou informações úteis que seu público possa aplicar.

3. Cria melhorias visíveis: as pessoas continuam comprando produtos e serviços se funcionam bem. Sua isca digital terá sucesso se for tão valioso quanto seus produtos e serviços.

4. Relevante: se você já identificou seu público ideal, não terá problemas em criar uma isca digital que resolva seus problemas.

5. Imediatamente disponível: as pessoas adoram gratificação instantânea, então dê a elas imediatamente.

Vamos dar uma olhada em alguns exemplos reais de iscas digitais.

No site abaixo, é compartilhado um ebook chamado “A Verdade Sobre a Celulite”.

Isca Digital Celulite

Aqui são ofertadas 50 dicas de inbound marketing (que são entregues em formato de ebook, mas poderia ser em formato de video também).

Isca Digital Inbound Hacks

Nesse exemplo, Alan Mosko entrega um ebook chamado “Como Criar Uma Base Sólida Para Seu Negócio Digital”.

Isca Base Negocio

Agora que você sabe o que é uma isca digital você precisa de um formulário de captura.

Como criar um formulário de captura de contato que converte

O objetivo do formulário de captura ou inscrição é transmitir os grandes benefícios de sua isca digital, para que os visitantes coloquem o email em troca do que você está oferecendo.

Para criar um formulário de captura que converta bem, ele precisa ter os seguintes componentes:

1. Título atraente: verifique se o título descreve claramente os grandes benefícios de sua isca digital.

2. Descrição útil: Sua descrição é breve, clara e objetiva?Use marcadores para ajudar o leitor a entender rapidamente o que ele vai ganhar.

3. Recursos visuais atraentes: inclua uma imagem de sua isca, se puder (como uma capa de livro). A foto de uma pessoa olhando para o formulário de captura também é uma ótima maneira de aumentar as conversões.

4. Formulário simples: não peça mais do que o nome e o email da pessoa.Solicitar informações demais prejudica suas conversões.

5. Botão de inscrição atraente: use uma cor contrastante no botão de inscrição, para que ela realmente apareça na página. Além disso, use um texto que não seja genérico para obrigar as pessoas a clicarem imediatamente (” Quero essas 9 dicas! “).

Depois de criar seu formulário de captura, você precisará colocá-lo em seu site.

Existem 14 locais de alta conversão para colocar seu formulário de inscrição:

  • Página de apresentação
  • Portão de boas-vindas
  • Barra flutuante
  • Cabeçalho do seu site
  • Página de arquivo do blog
  • Nas postagens do seu blog
  • Sua barra lateral
  • Em um pop-up que aparece depois de algum tempo
  • Em uma caixa de rolagem
  • Seu rodapé
  • Sua página Sobre
  • Páginas de recursos e ferramentas
  • Em uma página de inscrição exclusiva
  • Em um pop-up do tipo “exit-intent” – que identifica quando o mouse sai da tela

Uma delas é absolutamente obrigatória se você deseja obter o maior número possível de assinantes. Esse é o pop-up exit-intent.

Um pop-up exit-intent aparece no momento exato em que o usuário está prestes a sair do seu site.

Este pop-up não interrompe a experiência de leitura e somente é acionado quando o usuário está saindo.

Este é o momento perfeito para solicitar que eles se inscrevam, porque provavelmente eles leram seu conteúdo e acharam seu site útil.

Intenção de saída

O uso de um pop-up de saída funciona muito bem e traz resultados significativos em termos de quantidade de captura.

Escolhendo um serviço de email marketing

Antes de poder enviar um email para alguém, você precisa da permissão deles.

Quando uma pessoa preenche o formulário de captura é como se ela estivesse dando essa permissão. Por isso, você pode se comunicar com essa pessoa.

Mas, se por algum motivo você não capturou o contato diretamente com a pessoa, tome muito cuidado.

Embora a compra de listas de email possa parecer um ótimo atalho, não é. E eu não recomendo.

Também não recomendo a adição de emails das pessoas que entram em contato com você ou deixam um comentário em seu blog (caso você tenha um). Pode ser que essa pessoa não queira receber seus emails.

De qualquer forma, quando você consegue contatos sem que eles sejam com permissão, dificilmente você conseguirá algum retorno. Pelo contrário, terá dor de cabeça.

As pessoas que não optam especificamente por sua lista de email não são as pessoas que comprarão de você. Enviar qualquer coisa a eles seria um completo desperdício de seu tempo e dinheiro.

O que você precisa para começar da maneira certa é 1) um formulário de captura e 2) um serviço de email marketing.

Existem empresas que te ajudam na primeira tarefa, como a OptinMonster.

Essa ferramenta ajuda a criar formulários mais inteligentes e testá-los para ver qual funciona melhor. Além disso, possui diversos templates prontos de formulários de captura.

Embora esteja em inglês, a OptinMonster é uma das melhores opções disponíveis para o WordPress (é um plugin).

OptinMonster

Para enviar emails, aqui estão alguns dos principais provedores que recomendo:

Mautic

Mautic

O Mautic é o maior serviço de email marketing grátis do mundo. Eles permitem que você gerencie seus assinantes, crie emails profissionais e é totalmente grátis.

A ferramenta em si não tem custo, mas ela precisa ser instalada em um servidor que normalmente custa entre 50 e 150 reais por mês.

Nesse valor, você pode disparar quantos emails quiser e ter quantos contatos desejar. Além disso, o Mautic permite fazer as mesmas automatizações de qualquer outro serviço de email pago. A diferença é que o Mautic não é muito intuitivo, por isso é mais difícil aprender a lidar com ele.

RD Station

RD Station

A RD Station é um serviço brasileiro de automação e email marketing, localizado em Santa Catarina, que atua basicamente como as ferramentas gringas. Permite armazenar contatos, marcá-los com tags e criar campanhas segmentadas.

Os valores iniciam em R$59 por mês para até 4 mil contatos e sobem para R$ 369 acima desse limite, podendo chegar a R$1.989 por mês.

LeadLovers

LeadLovers

A LeadLovers também é uma empresa brasileira, localizada em Curitiba no Paraná, que atua basicamente como as ferramentas gringas de email marketing, porém é menos completa do que a RD Station, por exemplo, que também é CRM (sistema de gestão de clientes).

Os valores iniciam em R$184 por mês para até 5 mil contatos e sobem de acordo com o número de contatos que você adquire.

InfusionSoft (Keap)

Infusionsoft Keap

O Keap é muito famoso no Brasil pelo antigo nome “InfusionSoft”. É um sistema de gestão de clientes que também inclui automação completa de email marketing. Não é tão poderoso quanto o ActiveCampaign, que você conhecerá abaixo, para email marketing, mas é uma excelente opção por ser mais barato.

O preço inicia em US$ 49 por mês para até 500 contatos e pode chegar a US$ 199 por mês.

Sendinblue

sendinblue

O Sendinblue não é apenas um software completo de marketing por email para empresas, mas também um software de marketing por SMS. E tudo em uma plataforma fácil de usar, com ferramentas de arrastar e soltar que você pode usar para criar emails altamente atraentes, criar fluxos de trabalho automatizados e segmentar usuários.

Você pode enviar até 300 emails por dia gratuitamente com a marca da Sendinblue. Os planos pagos começam em US$ 25 por mês e você pode adicionar um SMS a um custo adicional baseado nas suas necessidades de envio.

AWeber

AWeber

O AWeber é outro serviço popular de email marketing que oferece uma ampla variedade de ferramentas, como autoresponders, segmentos, construtor de emails e muito mais. Eles fornecem excelente suporte ao cliente e você pode enviar emails altamente direcionados aos seus prospectos e clientes.

O preço começa em US$ 19 por mês (e há uma avaliação gratuita de 30 dias).

Mailchimp

MailChimp

É ótimo para pessoas que estão apenas começando, pois é fácil de configurar e fornece uma interface de usuário intuitiva. Você também pode adicionar novos assinantes a segmentos específicos.

O Mailchimp tem um plano gratuito para até 2.000 assinantes. No entanto, se você quiser usar autoresponders ou qualquer outro recurso poderoso, precisará mudar para um plano pago. Os planos pagos começam a partir de US$ 10 por mês e podem chegar a US$ 30 para 2.500 assinantes. Quanto maior o tamanho da sua lista, mais você pagará.

GetResponse

getresponse

A GetResponse permite criar emails responsivos e autoresponders com a capacidade de teste A/B incorporada. Você também pode enviar emails direcionados para assinantes específicos.

Ele começa em US$ 15 por mês para um tamanho de lista de 1.000 pessoas e sobe para US$ 1.199 por mês para usuários corporativos.

ActiveCampaign

ActiveCampaign

O ActiveCampaign é um software de email marketing orientado mais para a automação de marketing. Com base nas ações e no comportamento de seus assinantes, você pode adicionar tags no perfil deles.

Para 2.500 contatos, os planos começam em US$ 39 por mês e chegam a US$ 229 / mês para usuários corporativos.

Marketing personalizado com segmentação por lista de email

A maioria dos especialistas em marketing diz para você criar uma lista de email. Mas o que eles não dizem é que sua lista de emails não será tão eficaz sem a segmentação adequada.

O que é segmentação por lista de email?

A segmentação da lista de emails é o processo de dividir seus assinantes em grupos menores com base em critérios específicos, para que você possa enviar a eles emails mais personalizados e relevantes.

Em vez de enviar todos os emails para toda a sua lista de emails, a segmentação permite enviar determinados emails apenas para os assinantes que você acha que serão os mais interessados ​​nesse conteúdo, resultando em conversões mais altas.

Por que segmentar sua lista?

É comprovado que a segmentação da sua lista aumenta as taxas de abertura de emails, aumenta as taxas de cliques e diminui as taxas de cancelamento de inscrição. É por isso que profissionais de marketing inteligentes usam a segmentação para melhorar drasticamente a eficácia de suas campanhas de email.

Depois de “etiquetar”, ou “taggear” (marcar com uma tag), seus assinantes em diferentes segmentos, você poderá enviar autoresponders realmente poderosos, uma série de emails enviados automaticamente com base em determinadas condições, que você pode usar para alimentar seus leads e fazer vendas. Falaremos mais sobre autoresponders abaixo.

Os segmentos tornam muito mais fácil saber quais linhas de assunto e mensagens devem ser escritas para induzir os usuários a abrir e se envolver com suas campanhas de email.

O objetivo da segmentação deve ser descobrir como o usuário entrou na sua lista de emails e como está reagindo a ela.

Eles compraram um produto? Visitaram uma página específica? Baixar uma isca específica?

Existem muitas maneiras diferentes de segmentar sua lista. Aqui estão algumas maneiras de começar:

  • Novos assinantes: envie aos novos assinantes um email de boas-vindas ou uma série de boas-vindas.
  • Preferências: assinantes que desejam ouvir sobre postagens do blog versus aqueles que desejam apenas notificações de venda.
  • Interesses: assinantes que gostam de música clássica vs aqueles que gostam de pop.
  • Localização: notifique os assinantes que vivem na área onde acontecerá seu evento.
  • Oferta especial: recompense seus assinantes que estão meio parados com uma oferta especial.
  • Inatividade: lembre os assinantes que não estão envolvidos há um tempo da próxima etapa que você deseja que eles sigam.
  • Isca digital: envie emails direcionados com base no tópico da isca digital pela qual eles optaram.
  • Abandono do carrinho de compras: lembre aos assinantes que colocam itens no carrinho e ainda finalizaram a compra.

Essas idéias apenas arranham a superfície do que você pode fazer com a segmentação de lista de email.

Melhorando as taxas de abertura do seu email

Esta seção é extremamente importante porque, mesmo com todo o trabalho duro que você fez para aumentar sua lista de emails e segmentá-la, você não se beneficiará de nada, a menos que seus emails sejam realmente abertos.

Existem vários fatores que influenciam a abertura ou não dos seus emails Vamos explorar cada um deles.

1. Evite filtros de spam

Provavelmente, o problema mais óbvio é quando seu email é enviado para a pasta de spam do assinante. Como você criou um formulário de captura e ganhou a permissão de seu assinante, já começou bem.

Aqui estão algumas práticas recomendadas para impedir que seus emails caiam nas pastas de spam:

  • Verifique se todos os destinatários realmente optaram por receber seus emails. Esse é de longe o ponto mais importante.
  • Envie sua campanha de email a partir de um bom endereço IP. Esse é um endereço IP que não foi usado por outra pessoa que enviou spam no passado.
  • Envie emails por domínios verificados.
  • Mantenha o código de seu email limpo.
  • Use tags de mesclagem para personalizar o campo “Para:” da sua campanha de email.
  • Mostre aos assinantes como colocar seus emails na lista de permissões e peça que eles o adicionem ao catálogo de endereços deles.
  • Evite o uso excessivo da linguagem “salesy” (são palavras que acionam spam, como “compre”, “grátis”, “desconto” ou “dinheiro”).
  • Inclua sua localização.
  • Inclua uma maneira fácil de os assinantes optarem por não receber seus emails.

Quase tudo isso é tratado quando você escolhe um serviço de email marketing de confiança, como os que eu listei anteriormente.

2. Remova assinantes inativos para manter sua lista atualizada

É importante enviar email aos seus assinantes de forma consistente, para que sua lista não fique obsoleta. Mesmo assim, com o tempo, os assinantes de email ainda ficam obsoletos.

Algumas pessoas podem ter alterado as contas de email ou talvez não estejam mais interessadas na sua marca.

Portanto, para manter sua lista atualizada e cheia de assinantes envolvidos, é uma boa ideia remover periodicamente assinantes inativos. Um assinante inativo pode ser qualquer pessoa que não tenha se envolvido com nenhum email nos últimos 6 meses ou mais.

Mas antes de se livrar deles, tente enviar mais uma campanha de email para tentar reativar seus assinantes inativos. Por exemplo, você pode enviar um email para seus leitores com o assunto: “ Estou incomodando? ” e pergunta se eles ainda querem se inscrever. Algumas pessoas respondem, mas todas as outras são excluídas.

Outra maneira de manter sua lista atualizada é consultando seus assinantes de vez em quando para perguntar se eles gostariam de atualizar suas informações e preferências. Dessa forma, eles são lembrados de que podem assumir o controle de como desejam se envolver com você.

3. Aperfeiçoe seu tempo

O tempo influencia na abertura e nos cliques em seus emails. O horário e o dia que você dispara uma mensagem é importante; portanto, pense com cuidado em que hora e dia você envia seus emails.

Você não conseguirá descobrir a hora perfeita imediatamente, mas realizará alguns testes A/B para identificar quais prazos parecem ter o melhor desempenho e explorá-los em campanhas futuras.

Mas você pode estar se perguntando: já existem testes de horário que eu posso usar a meu favor? Sim!

Em um estudo da GetResponse, eles descobriram que as terças-feiras têm as maiores taxas de abertura e clique:

getresponse melhor dia para enviar email

No entanto, um estudo da Yes Marketing descobriu que os sábados são os melhores dias para conversões:

marketing melhor hora para enviar emails por dia

O ponto principal do tempo de envio de email é o seguinte: imagine um dia na vida de seu público em particular. O que eles estão fazendo de manhã, tarde e noite? Como é o dia de trabalho? Até que horas eles ficam acordados à noite? Quão cedo eles se levantam pela manhã?

Todas essas perguntas ajudarão você a decidir o melhor momento para enviar seus emails .

4. Destaque sua linha de assunto

Quando se trata de taxas de abertura e clique de email, suas linhas de assunto são tudo. Seu trabalho é tornar suas linhas de assunto o mais atraentes possível.

Aqui estão algumas dicas para criar linhas de assunto criativas:

  • Gerar curiosidade. Você deseja tornar seus assuntos curiosos o suficiente para abrir e clicar, mas sem serem tão enigmáticos que o assinante não tenha idéia do que está falando.
  • Inclua números. Há algo nos números que chamam a atenção.
  • Use um tom amigável e conversacional.
  • Fale no idioma e no estilo que seus assinantes usam, especialmente quando conversam com seus amigos.

5. Escreva para apenas uma pessoa

Quando você redige o assunto e o conteúdo da mensagem, é natural pensar nas milhares de pessoas que estão prestes a recebê-lo.

No entanto, é muito mais eficaz escrever como se estivesse falando com uma pessoa, com um assunto pessoal e uma mensagem personalizada.

Para escrever dessa maneira, você precisará conhecer realmente sua personalidade de comprador. Precisa entender os problemas, desejos, valores, gostos e bloqueios.

Se você estiver com problemas, envie um email solicitando um bate-papo rápido de cinco minutos. Na ligação, você pode fazer perguntas que o ajudarão a entender quais são as necessidades de seus assinantes e como eles pensam.

Passar um dia ou dois conversando com seus assinantes será um tempo bem gasto, pois ajudará muito: não apenas com as mensagens, mas também com a criação ou melhoria de seus produtos e serviços.

6. Escreva como um amigo

Ao escrever seus emails, coloque seu chapéu corporativo de lado e escreva como um amigo. Essa é a única maneira de realmente atrair seus assinantes e fazê-los abrir e clicar em seus emails.

Por exemplo, uma frase corporativa como “Estamos oferecendo economia aos nossos clientes!” Parece distante de algo pessoal. Fuja disso!

Uma alternativa mais amigável pode ser algo como “você precisa ver esse desconto…”

Isso faz com que o email pareça muito mais pessoal e menos provável que seus destinatários simplesmente excluam sua mensagem e sigam em frente.

Lembre-se: nesta era da informação, todo mundo está procurando um motivo para ignorar seus emails. Eles não estão procurando um motivo para lê-los. Mas se você recorrer a eles em um nível pessoal, terá mais chances de abrir esse email.

7. Escreva conteúdo incrível, sempre

Você pode estar pensando que, quando um assinante abre seu email, você venceu a batalha. No entanto, o conteúdo real do seu email também desempenha um papel importante na sua taxa de abertura.

Aqui está o motivo: se seus assinantes gostarem do seu email hoje, com certeza as chances de eles abrirem amanhã é muito maior. Eles podem até abrir seus emails sem levar em consideração o assunto. Por outro lado, se um assinante estiver insatisfeito com o que recebeu em seu email, provavelmente não abrirá mais seus emails e poderá até cancelar a assinatura.

Então, como você garante que seus assinantes estejam satisfeitos com o conteúdo do seu email? Simples: faça com que seja incrível.

Crie links para materiais valiosos, como um e-book gratuito, uma postagem épica no blog ou um webinar .

A chave é garantir que você não esteja enviando emails apenas para enviá-los. Toda vez que você envia sua lista por email, precisa oferecer algo de valor real. Quanto maior o valor de cada email que você escreve, mais fiéis serão seus assinantes e suas taxas de abertura aumentarão.

8. Injete algum humor

O humor é uma maneira de estabelecer uma conexão forte e instantânea com as pessoas. É pessoal, divertido e se destaca na mente.

Mas e se você não for uma pessoa muito engraçada? Nem sempre é fácil ser inteligente ou bem-humorado e tentar encaixar humor nos assuntos? Isso pode ser super complicado.

Felizmente, você não precisa ser um comediante para receber um email bem-humorado. É mais importante conhecer realmente seus destinatários e o que eles responderão. Se você conhece o que eles gostam e o que não gostam, será muito mais fácil fazer uma piada ou fazer um comentário direto.

Você pode inserir GIFs animados engraçados em seus emails ou um vídeo engraçado. Novamente, você não precisa ser um comediante para adicionar humor e personalidade aos seus emails, basta pensar fora da caixa.

9. Otimizar para celular

67% de todos os emails abertos vem de aparelhos móveis, dependendo do seu público-alvo, produto e tipo de email. Você simplesmente não pode se dar ao luxo de ignorar seus usuários móveis, é necessário apelar a eles.

Aqui estão mais algumas dicas para atrair usuários móveis:

  • Mantenha a formatação simples (coluna única), com menos de 600 px.
  • Use uma fonte maior. Fontes pequenas são difíceis de ler no celular.
  • Não assuma que as imagens estão sendo exibidas (o Android desativa as imagens por padrão). Certifique-se de que fica bem sem elas.
  • Use imagens menores para reduzir o tempo de carregamento.
  • Use um grande botão de call to action. Botões maiores são mais fáceis de tocar com o polegar.
  • Não coloque dois links próximos ou em cima um do outro. Dessa forma, o usuário não tocará no link errado por acidente.

Todas essas dicas podem ajudar qualquer campanha a obter melhores taxas de abertura, mas não desanime se você não notar uma resposta imediatamente.

O email marketing é uma arte e uma ciência, portanto, tenha espaço para experimentar e descobrir quais táticas funcionam melhor para sua empresa e seus assinantes.

Automatizando seu email marketing com autoresponders

Parabéns por chegar à quinta e última seção deste guia definitivo! Você percorreu um longo caminho.

Se você está acompanhando desde o início, já deve ter entendido como aumentar sua lista de emails, como segmentar sua lista para que seus emails sejam altamente relevantes para cada assinante e aprendeu como enviar emails muito eficazes com alta taxa de abertura. Agora você está pronto para automatizar o processo e transformar suas campanhas em máquinas de ganhar dinheiro!

Um autoresponder é sem dúvida a ferramenta mais poderosa de um profissional de marketing digital para fazer vendas. Ele ajuda você a engajar com sucesso sua lista de emails, criar relacionamentos e transformar prospectos em compradores.

A melhor parte é que, depois que você cria, não precisa mais perder tempo com isso. Tudo fica automático e você pode gastar seu tempo com coisas mais relevantes para seu negócio.

Então, o que é um Autoresponder?

Um autoresponder é uma sequência de emails enviados automaticamente para um segmento de pessoas na sua lista de emails e é acionada por um evento específico, como entrar na sua lista, um determinado comportamento de navegação, abandono de carrinho , download de PDF ou compra de um produto.

Em outras palavras, quando alguém entra na sua lista ela recebe automaticamente seus emails. Quando uma pessoa imprime um boleto ela recebe automaticamente seus emails. E assim por diante.

O conteúdo de uma série de emails de autoresponder é criado com antecedência e configurado para ser enviado no momento apropriado com a ajuda do seu software de email marketing (como aqueles que eu recomendei anteriormente).

Toda empresa online precisa de um autoresponder por dois motivos principais:

1. Eles nutrem seus leads fornecendo informações e insights valiosos, além de ensiná-los a tomar melhores decisões por meio de um processo automático.

2. Eles transformam prospectos em clientes , ajudando você a conquistar seu leitor antes de tentar vender. Depois, você pode fazer sua oferta sem ser insistente ou chato.

Como criar um autoresponder altamente eficaz? Existem 4 etapas básicas:

Etapa 1: escolha uma meta para seu autoresponder

Existem muitos objetivos diferentes para o seu autoresponder, mas aqui estão os 4 mais comuns. Escolha uma (ou uma combinação) das metas abaixo para a sua série de autoresponder antes de criá-la.

  • Envie aos novos assinantes uma sequência de “boas-vindas”. Essa é a mensagem que você envia para as pessoas logo após elas se inscreverem na sua lista de emails. Ele pode conter um link para sua isca digital, um agradecimento por se inscrever ou talvez uma frase chamativa para verificar os artigos mais populares do seu blog.  Toda lista de emails precisa de uma série de boas-vindas: não perca essa chance de “conquistar” seus novos assinantes e transformá-los em fãs.
  • Use-o como uma isca digital ou mini-curso grátis. Você também pode usar um autoresponder como uma isca digital para atrair novos assinantes para sua lista de email. Isso geralmente é feito na forma de um “mini-curso” gratuito ou um “desafio” gratuito, que promete entregar uma série de emails contendo lições (ou outras informações valiosas) ao longo de vários dias ou semanas. Existe um alto valor percebido com um minicurso ou um desafio como esse, o que o torna uma isca digital muito eficaz.
  • Faça vendas no piloto automático. Criar um funil de vendas a partir de uma sequência de resposta automática por email é uma estratégia amplamente adotada usada por profissionais de marketing digital, mas também pode ser usada por empresas de software, empresas de comércio eletrônico e provedores de serviços. Por exemplo, pode consistir em uma série de vídeos educacionais, um vídeo de vendas e acompanhamentos para vender seus produtos físicos e digitais. Ou então, você pode criar uma sequência de emails educacionais gratuitos e convidar leads para um webinar ao vivo ou gravado em que você faz uma oferta. Para empresas de comércio eletrônico, sua sequência de vendas pode incluir ofertas promocionais para produtos que o assinante acabou de visualizar em seu site.
  • Promova up-sells / cross-sells. Você pode até configurar uma sequência de resposta automática para alguém depois que ela compra. Dependendo dos produtos que você vende, você pode oferecer um upsell ou produtos relacionados. Por exemplo, se alguém comprar uma câmera digital, você poderá adicionar uma lente, um tripé e outros acessórios ao pedido antes que sejam enviados. Ou, se você vende produtos que as pessoas compram com frequência (como alimentos ou itens descartáveis, como fraldas), pode enviar automaticamente a eles ofertas de novos itens quando souber que eles estão prestes a fazer outro pedido.

Etapa 2: mapear toda a sua sequência de email

Nesta etapa, você fará um esboço para sua sequência. Mas primeiro, você precisará descobrir quanto tempo deseja ela terá. Quantos dias? Quantos emails?

Não existe uma regra universal quando se trata exatamente de quantos emails você precisa ter em sua sequência. Ela deve ser longa o suficiente para ajudá-lo a alcançar seus objetivos, nem mais nem menos. Portanto, seu comprimento deve ser determinado por sua finalidade, seus segmentos, preferências do assinante etc.

Em seguida, você precisará descobrir o tempo em que cada email será enviado.

Não tem problema enviar um email a cada dois dias quando estiver entregando conteúdo e três a quatro emails em um único dia quando você estiver fazendo um grande lançamento que está quase terminando. Depende do objetivo da sua sequência (e é por isso que você escolheu na Etapa 1).

Você precisa encontrar um equilíbrio saudável entre seus emails de “valor” e o email de “oferta” (vendas).

O número exato de emails que você envia não importa, desde que você envie mais emails valiosos do que emails de vendas. Isso ajuda a evitar que sua lista seja queimada.

Para simplificar, você pode usar a regra 80/20: 80% dos seus emails devem dar valor, enquanto apenas 20% dos seus emails são sobre fazer uma venda.

Em seguida, escreva um esboço da sua sequência do início ao fim, descrevendo quais tópicos cada email cobrirá e a frase gatilho para cada email. Sua frase gatilho pode ter o objetivo de ganhar um clique no link, compartilhar seu artigo nas mídias sociais, responder ao seu email ou comprar seu produto.

Aqui está um exemplo de uma sequência para o lançamento de um infoproduto:

Email 1: Introdução e agradecendo por se inscrever.

Email 2: explique por que o tópico / problema específico é importante. Isso ajuda a aumentar a demanda pelo seu produto.

Email 3: explique o que precisa fazer para resolver o problema específico / alcançar um determinado objetivo. Isso cria credibilidade e você começa a ajudar as pessoas com antecedência.

Email 4: explique como exatamente resolver o problema com mais detalhes. Faça a transição para a venda e mencione que você está lançando um novo produto / programa em alguns dias.

Email 5: lance seu produto. Diga à sua lista que seu produto está ativo e pode ser comprado nos próximos dias. Depois disso, você fechará seu carrinho e ele não estará mais disponível.

Email 6: lembre seus assinantes sobre o produto. Compartilhe quantas pessoas compraram até agora, o que as outras pessoas pensam sobre seu produto e quantas vagas restam.

Email 7: último dia antes do fechamento, primeiro email. Diga aos seus assinantes que faltam 24 horas e seu produto não estará disponível depois disso. Lembre-os do que eles aprenderão em seu programa e quais são os benefícios.

Email 8: último dia antes do fechamento, segundo email. Transição mais para a escassez e que restam apenas algumas horas. Depois disso, seu produto não estará mais disponível.

Email 9: duas horas antes do fechamento. É aqui que você passa a escassez total e se concentra na mudança que as pessoas desejam fazer em suas vidas. Quanto eles realmente querem resolver seus problemas / alcançar seus objetivos?

Email 10: Carrinho fechado. Envie um email para explicar aos usuários que o produto não está mais disponível. Compartilhe números sobre quantas pessoas entraram no seu programa de treinamento. Agradeça a todos pelo apoio.

Etapa 3: Escreva uma série de resposta automática que converta

Escrever os emails reais da sua série de autoresponder pode ser a parte mais difícil deste trabalho. Você pode até querer terceirizar para um redator profissional. No entanto, se você ainda deseja aprender como fazer isso, aqui está o que você precisa ter em mente:

  • Concentre-se no leitor primeiro.  Você deve sempre escrever seus emails para atender às necessidades de seus assinantes, não às suas. Ofereça maneiras de resolver os problemas deles, não fale simplesmente sobre seus produtos e quão bons eles são. Pergunte a si mesmo: quais são os maiores pontos negativos para meus assinantes? Como posso resolver o problema neste email?
  • Use personalização. Personalizar o conteúdo de seus emails o tornará muito mais relevante e valioso para eles. A personalização vai além da inserção do primeiro nome do assinante no email. Você precisa adaptar o conteúdo real do email para atender às necessidades deles. Por exemplo, um revendedor online achará muito mais valioso ler um email com a linha de assunto “Como criar backlinks para sua loja de comércio eletrônico” do que apenas uma linha de assunto genérica “Como criar backlinks”.
  • Escreva ótimas linhas de assunto. David Ogilvy disse uma vez que 80 centavos de seu dólar devem ser gastos em escrever manchetes. Com os emails, a linha de assunto é igualmente importante. Se não chamar sua atenção, você não a abrirá. Portanto, gaste a maior parte do tempo escrevendo e polindo sua linha de assunto. Uma excelente linha de assunto de email atrai curiosidade sobre o conteúdo do email. Também é pessoal e altamente relevante para o destinatário.

Etapa 4: monitorar e melhorar

Embora a maioria das etapas sejam práticas, uma série de autoresponder não é algo que você deve criar um dia e depois esquecer completamente no outro. Para obter os melhores resultados, monitore o desempenho de seus emails para identificar áreas que precisam ser aprimoradas.

Aqui está o que você deve prestar atenção ao analisar suas campanhas de autoresponder:

  • Taxas de abertura. Se suas taxas de abertura não estiverem como você deseja, considere fazer as seguintes perguntas: Esse autoresponder é relevante para sua lista? Suas linhas de assunto são as melhores possíveis? Você está enviando seus emails nos melhores horários?
  • Taxas de cliques. Depois que seus assinantes abrem seu email, eles estão realmente realizando a ação que você precisa? Se você acha que tem uma baixa taxa de cliques, talvez a copy do seu texto não seja tão eficaz quanto precisa. Anaise o seguinte: A cópia do seu email é relevante para a linha de assunto? Você ofereceu valor real aos seus assinantes no email? Sua frase gatilho é clara o suficiente? É fácil encontrar o link?
  • Taxa de cancelamento de inscrição. O cancelamento da inscrição sempre acontece, não importa o que aconteça, e não tem problema, porque essas pessoas provavelmente não teriam comprado de você. No entanto, uma alta taxa de cancelamento de assinatura pode indicar que você está perdendo clientes em potencial. Verifique o seguinte: Por que as pessoas se inscreveram na sua lista em primeiro lugar e você está cumprindo essa promessa? O conteúdo do seu autoresponder é altamente relevante para o segmento para o qual está sendo enviado? Você está enviando muitos emails de vendas com muito pouco valor?

Agora que você pode automatizar e segmentar cada uma de suas campanhas de marketing por email, pode transformá-las em uma máquina de vendas!

Empacotando

Esperamos que este guia tenha ajudado você a aprender como criar uma campanha de email marketing eficaz.

Neste guia, compartilhamos os seguintes itens em detalhes:

  • A importância do email marketing
  • Como começar
  • Criando e aumentando sua lista de emails
  • Escolhendo seu serviço de email marketing
  • Como segmentar sua lista de emails
  • Melhorando as taxas de abertura e clique do seu email
  • Automação com Autoresponders

Perguntas frequentes sobre email marketing

Aqui estão algumas das perguntas mais frequentes sobre email marketing. Algumas dessas informações foram abordadas neste artigo, mas são apresentadas aqui para aqueles que desejam uma referência rápida.

Verifique essas perguntas quando quiser, pois atualizaremos com frequencia de acordo com as dúvidas que recebermos de nossos usuários.

Como crio uma estratégia de email?

Este guia é uma ótima maneira de criar uma estratégia de marketing por email e recomendamos que você a siga! Mas aqui estão os passos que você precisa seguir:

  1. Defina uma meta para sua campanha de email
  2. Decida os tipos de email que você enviará
  3. Escolha seus segmentos de público-alvo
  4. Selecione a tecnologia certa
  5. Crie opções atraentes
  6. Planeje emails e acompanhamentos
  7. Crie a linha de assunto perfeita
  8. Escreva sua copy de email marketing
  9. Crie seu email
  10. Teste e acompanhe sua campanha de email

Com que frequência devo enviar emails de marketing?

Não existe uma regra rígida e rápida ao falar sobre a frequência com que os emails de marketing são enviados; por isso, recomendamos que você pergunte aos seus assinantes com que frequência eles querem receber notícias suas. Você também pode fazer alguns testes A/B para ver qual frequência tem o melhor desempenho.

Geralmente, você deseja entrar em contato com novos assinantes com mais frequência, pois eles estão apenas conhecendo você. Além disso, basta enviar emails sobre a programação que você estabeleceu e não mais.

Quando devo enviar emails de marketing?

O tempo é outro que pode variar bastante, dependendo da sua lista. Nosso conselho é experimentar e ver o que oferece os melhores resultados para seus assinantes. Você pode conferir o Google Analytics para descobrir quando seus assinantes estão mais ativos e enviar seus emails nesse momento.

Quais métricas de email devo analisar?

As três principais métricas a serem rastreadas para o email marketing são:

  • Entregabilidade. Sua taxa de entrega é o número de emails que chegaram com sucesso ao email do destinatário.
  • Taxa de abertura. A taxa de abertura mostra o número de destinatários que abriram seu email.
  • Taxa de cliques. A taxa de cliques mostra a porcentagem de assinantes que clicaram em um link no seu email.

Qual é a diferença entre single opt-in e double opt-in?

Single opt-in significa que, quando um visitante clica em “inscrever-se”, ele está na sua lista.

Double opt-in significa que eles clicam em “inscrever-se” e precisam confirmar que se inscreveram clicando em um link de confirmação enviado por email.

Devo enviar boletins / newsletters / artigos por email?

Definitivamente, sim! Mais de 83% dos profissionais de marketing enviam boletins informativos e artigos por email como parte de sua estratégia de marketing de conteúdo. O email marketing é uma maneira muito econômica de as marcas se comunicarem com seus clientes e os boletins informativos e artigos são essenciais para essa comunicação.