DOBRE SUAS VENDAS COM MENSAGENS

Especialista em vendas através de mensagens dá dicas para duplicar suas vendas com email, whatsapp, messenger e sms

preencha o formulário e receba dicas DE vendas através de mensageNS

  • Escritor
  • Palestrante
  • Blogueiro
  • Marketeiro
  • Anti-guru
  • Leia mais

O que os especialistas dizem...

Anderson Chipak surpreendeu a todos com uma técnica simples de compreender, fácil de executar e capaz de realmente trazer para um empreendedor digital a coisa mais importante de todas: resultados.

João Pedro Rezende
CEO e Fundador da Hotmart
www.Hotmart.com

Gostei muito da técnica do Anderson Chipak. Acredito que ela vai ajudar muita gente que está perdida no mundo das informações do internet marketing e quer gerar resultados de verdade.

Conrado Adolpho
Autor do livro 8 Ps do Marketing Digital
www.8ps.com

A estratégia implementada pelo Anderson Chipak para gerar conversões através de conteúdo é absolutamente fantástica. Um verdadeiro guia prático para rentabilizar o seu tráfego de uma forma eficaz e com resultado garantido.

Paulo Faustino
Co-fundador do Afiliados Brasil
www.AfiliadosBrasil.com.br

Conseguir as primeiras vendas de um produto é sempre uma tarefa muito difícil. Mas, com a técnica do Anderson Chipak, com certeza isso será conquistado por muito mais pessoas.

Camila Porto
Especialista em Facebook
www.camilaporto.com.br

Acompanho o Anderson Chipak há um bom tempo e definitivamente TUDO o que ele ensina realmente funciona. As técnicas criadas por ele são demais! Posso comprovar que dá resultados!

Maicon Rissi
Empreendedor Digital
www.MaiconRissi.com

O Chipak consegue sintetizar os conceitos primordiais para que uma pessoa comum possa começar do zero e ter resultados em curto prazo.

Rodrigo Morais
Especialista em Copywritting

O que os alunos dizem...

Ótimo Curso!! Em português não existe nada parecido, depois desse curso minha visão mudou totalmente sobre criação de posts e artigos para venda. Fazendo agora de forma planejada, estruturada e com muito mais facilidade para criar. Não preciso mais ficar horas pensando no que escrever, com a técnica ensinada no Demolição Digital o post é gerado em pouco tempo e recebendo muito mais audiência. Estou totalmente satisfeito.

Fagner Sá de Souza
Aluno de Anderson Chipak

O Demolição é um curso único. O Anderson Chipak faz um passo-a-passo real com os alunos. As aulas são liberadas semanalmente e os alunos têm que seguir fazendo as tarefas. Não tem como não dar certo. Ele está pegando a pessoa pela mão e ensinando como as coisas funcionam de fato. É fantástico. Pode adquirir sem medo.

André Silva Monte
Aluno de Anderson Chipak

Produto Show e Único no mercado digital. Ensinamentos diferenciados e tarefas precisas para colocar em pratica o ensinado. Recomendo 150%.

Alejandro Salinas
Aluno de Anderson Chipak

VICIANTE! É tudo o que eu posso dizer sobre o Demolição Digital. Anderson Chipak acertou a mão na hora de passar o conteúdo em forma de texto. O conteúdo é bem denso e detalhado, fazendo com que seja muito fácil assimilar tudo. Este treinamento foi um achado e tanto para meu futuro como blogueiro empreendedor.

Alan Bruno Chiapetta
Aluno de Anderson Chipak

O curso é espetacular. Só a didática do Anderson Chipak aliado ao formato em texto das aulas, que facilita seguir os passos, já é um diferencial. Mas depois de ver o conteúdo, que é denso e muito detalhado, não tem como errar. Esse curso eu indico de olho fechado. Vale o investimento.

Mauro Pedrini
Aluno de Anderson Chipak

O curso Demolição Digital simplesmente veio para ficar! Conteúdo extremamente poderoso, onde o Anderson ensina passo a passo o caminho das pedras para o sucesso dos seus projetos online, sem enrolação, onde ele ensina a forma correta de como iniciar e manter seu negócio digital tendo lucros vitalícios, se você assim como eu já fez diversos cursos e já está cansado de gastar tanta grana sem obter resultados expressivos e crescentes, acredite o Demolição Digital é pra você! Parabéns Anderson Chipak pelo curso e muito obrigado por compartilhar seus conhecimentos.

Roberto Lorenzo
Aluno de Anderson Chipak

Generosidade !!! É como defino todo o conteúdo que existe dentro desse curso. Imagine alguém pegar o conhecimento que o levou ao sucesso e sem esconder NADA disponibilizar para outros poderem fazer o mesmo... Foi isso que o Anderson Chipak fez ao nos dá a oportunidade de aprender de verdade como se monta um negócio verdadeiramente sustentável na Internet. Só Posso Dizer Obrigado!!!!!

Andérly Lima
Aluno de Anderson Chipak

Estou muito satisfeito com o curso. Material denso, com a profundidade necessária para quem quer estudar e aprender sobre negócio na internet. Falar do autor é fácil, pois tudo que o Anderson Chipak se propõe a fazer, ele entrega com maestria e competência. Nada melhor do que ter uma pessoa assim como nosso coaching. Eu adotei-o. Abs

Laercio Pacanari
Aluno de Anderson Chipak

De todos os cursos que fiz para aprender a trabalhar como afiliado este e o melhor de todos, a maioria dos cursos possuem muita teoria e nada de pratica, no demolição digital tem muita pratica e só não aprende quem não deseja mesmo aprender.

Edmundo França Ribeiro
Aluno de Anderson Chipak

Como escrever um livro digital: 14 erros a serem evitados e 14 ações a serem tomadas

Você já pensou em escrever um livro digital?

Posso apostar que, se sua resposta for sim, você já imaginou até a capa.

Você pôde ver o título principal e, no rodapé, o seu nome escrito.

E quando você o imagina, sente orgulho.

Um ebook seria um grande passo para você como escritor.

Criar artigos para postar em um blog é bastante superficial perto da escrita de um livro. Muito superficial mesmo.

Mas um ebook? Isso é mais substancial. Mais sério. Exige muito mais de você.

E ter um ebook com o seu nome na frente transforma você de um mero escritor em um AUTOR.

Mas como você se torna um autor de ebook sem ser vítima dos mesmos erros que sabotam as tentativas de tantos outros escritores?

Escrever um livro digital é aparentemente fácil

Aparentemente, escrever um ebook parece relativamente fácil.

Muitos escritores parecem estar fazendo isso, então, qual é a dificuldade?

Na realidade, a maioria dos ebooks que estão sendo criados hoje em dia são fracos e servem apenas para atrair as pessoas. Os conteúdos são bem rasos e não são de qualidade. Pelo menos a maioria deles.

Isso ocorre porque o autor de um ebook não tem ideia de como escrever um ebook. Eles não podem contratar um escritor fantasma (alguém que escreva por eles) e não possuem o sistema de suporte que um autor tradicional receberia pelo editor ao escrever um livro.

Eles fazem o melhor possível, mas não sabem o que não sabem.

Mas, tenho boas notícias. Podemos aprender com seus erros. Neste post, mostraremos os erros comuns que os autores iniciantes cometem ao escrever um ebook.

Em outras palavras:

Quer escrever um ebook como um profissional? Evite estes 14 erros comuns:

  1. Escolhendo um tópico que você conhece pouco
  2. Escrevendo o ebook que seu público “precisa”
  3. Pensando como um escritor, não um editor
  4. Pegando sua caneta (ou notebook) e começando a escrever
  5. Tentando tornar seu ebook muito valioso
  6. Começando no início
  7. Escrever apenas quando você tem vontade
  8. Deixando seu editor interno assumir a liderança
  9. Desistir antes que o negócio comece a ficar bom
  10. Tentando manter o ritmo
  11. Jogando seu melhor trabalho no lixo
  12. Revendo com um microscópio, não com um telescópio
  13. Dizendo a si mesmo que você não precisa de um editor
  14. Contratação do pior revisor do mundo

1 Escolhendo um tópico que você conhece pouco

Se você deseja criar um ebook premium, pode ficar tentado escolher um “tópico quente” pensando que é aí que está o ouro.

Da mesma forma, você pode pensar em atrair as pessoas com as informações mais quentes sobre esse tópico.

A questão é que na grande maioria das vezes procurar pelos assuntos mais falados nem sempre traz os resultados que você espera.

Se você sabe pouco ou nada sobre o tópico escolhido, criar um ebook será um enorme trabalho. Você terá que fazer uma tonelada de pesquisas no Google, entrevistar especialistas e talvez até pagar um verdadeiro guru para que você se mantenha atualizado.

O que fazer em vez disso?

Escreva sobre algo que você realmente conhece – o que quase certamente significa vincular seu ebook ao tópico principal do seu blog, site ou produto. Você não apenas economizará muito tempo em pesquisas, mas também terá um público pronto para escrever.

2 Escrevendo o Ebook que seu público “precisa”

É nesse ponto que você pode cair em uma armadilha grave. Isso é o que muitos escritores iniciantes fazem. Cuidado!

Isso acontece quando você percebe que há um tópico que sabe que seus leitores precisam e sabe que pode escrever o livro perfeito que realmente os ajudará.

Parece ótimo, mas as pessoas nem sempre sabem o que precisam. E a sua noção do que é isso também pode não estar certa.

O que fazer em vez disso?

Não dê a seus leitores o que você acha que eles precisam. Dê a eles o que eles com certeza sabem que querem.

Como? Faça uma pesquisa e peça aos leitores para escolher entre três ou quatro tópicos de ebooks.

(Essa também é uma boa oportunidade para descobrir quanto eles pagariam, sejam iniciantes ou mais experientes, e quais perguntas específicas precisam ser respondidas.)

3 Pensando como escritor, não como editor

Planejar não é apenas decidir o que você escreverá e em que ordem escreverá.

Quando você decide criar um ebook, você não é apenas um escritor; você também é um editor (e profissional de marketing). Você tem que escrever e publicar.

Se você não começar a pensar agora em como vender seu livro – se isso significa vendê-lo para ganhar dinheiro ou apenas vender o conceito para seus leitores -, você terá problemas mais tarde.

O que fazer em vez disso?

Rascunhe sua página de vendas enquanto planeja seu ebook. Faça com que pareça o mais atraente e útil possível… e use esse tom para conduzir o processo de escrita. Isso tornará seu ebook muito mais forte e facilitará sua vida quando você o lançar.

4 Pegando sua caneta (ou notebook) e começando a escrever

Primeiro faça a pesquisa, depois comece. Não caia no erro de começar a escrever antes de entender exatamente o que seu público precisa.

Pular para a escrita neste momento causará sérios problemas. Você se repetirá ou perderá tempo explorando assuntos inúteis.

O que fazer em vez disso?

Planeje seu ebook antes de começar a escrever.

Isso significa ter um esboço claro que tenha, no mínimo, um título para cada capítulo. Sim, isso pode parecer um pouco chato, mas tornará a fase de escrita muito mais fácil (e mais divertida).

Isso não significa abrir um documento em branco e escrever uma linha embaixo da outra. Experimente fazer um brainstorming de forma livre ou mapas mentais para ajudar na fluidez de suas ideias.

5 Tentando tornar seu ebook muito valioso

Como esse é seu primeiro livro digital, é tentador pensar que você precisa entrega-lo perfeito ao seu público e com o MÁXIMO de informações possíveis.

Não caia nisso.

Não recheie demais o bolo para não transbordar.

Pergunte a si mesmo: ” O que darei a eles a seguir?”

Provavelmente, você não escreverá apenas um ebook. Você pode escrever vários da mesma série ou criar um ebook de entrada, bem curto e de graça. Depois poderá escrever um mais avançado para vender.

Mesmo que seu livro esteja destinado a ser seu incentivo para assinantes, se você der aos leitores tudo o que eles precisam, por que eles voltariam ao seu blog?

O que fazer em vez disso?

Volte à sua pesquisa e determine quais aspectos o seu público mais se preocupa. Concentre-se neles. Se você tem muitas ideias, ótimo! Mantenha-as em um local separado e use-os no seu próximo ebook. Ou explore-as em uma postagem detalhada do blog.

Se você inadvertidamente perder algo crucial, descobrirá quando receber feedback e poderá adicionar uma nova seção ou capítulo para abordar esse ponto.

Lembre-se que as pessoas adoram atualizações e adoram ver que você está ativamente melhorando seu material.

6 Começando do começo

Embora possa ser o primeiro capítulo do seu livro, sua introdução quase certamente não é o lugar para começar a escrever.

É difícil saber o que incluir até você redigir a maior parte do seu livro e não querer ficar estagnado nessa fase inicial.

Se você começar com a introdução, acabará escrevendo muito mais do que precisa. E sejamos honestos. Nenhum leitor aprecia a visão de uma longa introdução – eles querem mergulhar no conteúdo real.

O que fazer em vez disso?

Não comece com a introdução; comece com o seu primeiro capítulo “adequado”. Depois de redigir o restante do livro, você saberá o que precisa ser apresentado na introdução.

Além disso, muitos materiais “introdutórios” podem ser encontrados na parte de trás do livro – eu recomendo fortemente ter uma página Sobre o autor na parte de trás, porque é uma ótima oportunidade para apontar os leitores para o seu site, lista de discussão etc.

7 Escrever apenas quando você tem vontade

Embora seu e-book seja provavelmente um projeto de alta prioridade para você, pode ser realmente difícil dedicar tempo para trabalhar regularmente nele.

Mas se você não escrever de forma consistente, nunca o criará. Você pode escrever por algumas horas para começar, mas depois tira semanas de folga… e nunca mais volta ao seu livro.

O que fazer em vez disso?

Você não precisa escrever milhares de palavras de cada vez. Uma conhecida minha escrevia um pequeno capítulo toda semana, sem falhas, e terminava seu ebook em poucos meses.

Encontre um horário consistente todos os dias, ou várias vezes por semana, para trabalhar em seu livro. Você pode tentar a técnica Pomodoro (25 minutos de escrita, 5 minutos de pausa) para usar seu tempo com eficiência durante breves sessões de escrita. Qualquer um pode escrever por apenas 25 minutos.

Se você sabe que tem um problema com o gerenciamento de tempo, resolva isso agora; valerá a pena nos próximos anos.

8 Deixando seu “editor interno” assumir a liderança

Se você estiver escrevendo regularmente e mantendo o foco, mas progredindo lentamente, provavelmente está tentando editar enquanto escreve.

Talvez você se encontre digitando alguns parágrafos, depois mudando de ideia e excluindo-os. Você pode até parar cada frase ou duas para fazer pequenos ajustes.

Esse é um sério problema para sua produtividade como escritor.

O que fazer em vez disso?

Se você mudar de ideia sobre um parágrafo ou seção inteira, deixe como está, mas faça uma observação para si mesmo. Você pode descobrir, ao reler, que na verdade está ótimo.

Você pode achar útil usar um editor de texto em tela cheia “sem distrações”. Eu gosto do Dark Room por isso – ele não tem as distrações que outros editores normais possuem.

9 Desistir antes que o negócio comece a ficar bom

Depois de trabalhar em seu livro digital há semanas, talvez meses, você pode descobrir que não fez o progresso que esperava.

Qualquer que seja a causa exata (doença, trabalho etc.), você bateu em uma barreira. Não está nem na metade do rascunho, e ainda tem um longo caminho a percorrer.

Quando você passa por um problema como esse, é bastante tentador desistir – reduzir suas perdas e deixar esse rascunho de ebook abandonado no seu computador.

Mas isso seria um grande erro. Porque isso geralmente é um sinal de que as coisas estão prestes a ficar mais fáceis.

“A dificuldade é um sinal de que a facilidade está próxima. ” Persista.

O que fazer em vez disso?

Siga em frente para alcançar o ponto médio de seu livro. O meio. Quando estiver na metade, o momento natural entra em ação e você vai acelerar à medida que se aproxima do fim.

Isso é normal, pois você ficará empolgado ao ver que está quase terminando.

Lembre-se de sua motivação para iniciar o ebook: o que ele fará por você, por seu produto, por seu blog? Como isso ajudará seus leitores – as pessoas que você conhece e se preocupa?

10 Tentando manter o ritmo

Embora seja importante não deixar seu livro digital parar após o primeiro rascunho, você não precisa se apressar para editar. Alguns escritores mergulham diretamente na fase de edição – mas depois lutam para conseguir um cliente. Esse processo ESGOTA qualquer pessoa.

Não faça isso.

O que fazer em vez disso?

Deixe seu ebook “descansar” por pelo menos alguns dias (e de preferência uma semana inteira) antes de começar a revisar e editar. Dessa forma, você chegará a ele com novos olhos e uma nova perspectiva – poderá ver o que já é bom e o que precisa de um pouco mais de trabalho.

Com um pouco de distância, você poderá ver seu trabalho da perspectiva de um leitor, não de um escritor.

11 Jogando seu melhor trabalho no lixo

Muitos autores de livros digitais iniciam sua edição usando o mesmo arquivo usado para o rascunho.

Embora isso nem sempre seja um problema, é muito frustrante se você cortar algo que mais tarde vai querer colocar de volta.

Pior será se você excluir, perder ou, de alguma forma, corromper esse arquivo principal, todo o seu trabalho duro poderá ter acabado.

O que fazer em vez disso?

Para cada novo rascunho, crie uma nova versão do seu arquivo – MeuLivroV2.doc, MeuLivroV3.doc e assim por diante. E crie backups regulares. Uma maneira simples é enviar por email uma cópia da versão mais recente de tempos em tempos.

12 Revendo com um microscópio, não um telescópio

Se você iniciar a edição procurando erros menores, deixará passar problemas maiores.

Ao focar nos pequenos detalhes, você pode deixar de resolver os principais problemas do seu livro – como “O capítulo 15 é muito curto” ou “O capítulo 7 deve vir depois do capítulo 10.” Isso geralmente requer um pouco de perspectiva. Requer uma visão mais ampla.

O que fazer em vez disso?

Leia todo o seu livro eletrônico, de preferência em formato .pdf, em papel ou em seu tablet, antes de começar a editar.

Em outras palavras, leia-o em um formato em que você não pode facilmente fazer pequenas alterações à medida que avança, forçando-se a se concentrar na visão geral.

Anote todos os problemas que você precisa corrigir, como capítulos na ordem errada, informações repetitivas, tangentes que precisam ser excluídas e novas seções que você deseja adicionar.

13 Dizendo a si mesmo que você não precisa de um editor

Quando você trabalha sozinho (provavelmente) há vários meses, é difícil ver os erros – desde os problemas gerais até os pequenos detalhes, como palavras ausentes ou aspas perdidas.

Mas muitos autores iniciantes de ebook são inexperientes demais para saber o valor de um editor ou descobrir que é um luxo que não podem pagar.

Mesmo que você não esteja em condições de pagar por uma edição completa, não significa que você precise fazer isso sozinho.

O que fazer em vez disso?

Considere pagar por um editor para revisar apenas os primeiros capítulos do seu ebook. Muitos problemas identificados pelo editor provavelmente ocorrerão em todo o livro digital e você poderá corrigi-los quando souber o que procurar.

Recrute voluntários para ajudar a editar: pergunte aos seus leitores ou membros de qualquer comunidade de blogs a que você pertence. Esteja preparado para retribuir o favor!

14 Contratação do pior revisor do mundo

Depois de fazer grandes alterações e abordar as sugestões de seus editores, seu livro está quase completo.

Mas antes que esteja pronto para publicação, você precisará fazer pelo menos uma leitura completa para capturar quaisquer erros de digitação ou quais são os outros problemas.

No entanto, você provavelmente é a pior pessoa para detectar esses erros.

Você provavelmente se familiarizou tanto com o conteúdo e seu layout que perderá erros de digitação que serão óbvios para outra pessoa.

O que fazer em vez disso?

Se você puder pagar por um revisor profissional ou se tiver um amigo talentoso que possa ajudar, perfeito.

Se você precisa fazer a maioria da revisão sozinho, aqui está o segredo: não revise seu ebook no mesmo ambiente em que o escreveu. Tente alterar o estilo e o tamanho da fonte e imprimi-la ou lê-la em um tablet. Você ficará surpreso com a forma como os erros se destacam.