DOBRE SUAS VENDAS COM MENSAGENS

Especialista em vendas através de mensagens dá dicas para duplicar suas vendas com email, whatsapp, messenger e sms

preencha o formulário e receba dicas DE vendas através de mensageNS

  • Escritor
  • Palestrante
  • Blogueiro
  • Marketeiro
  • Anti-guru
  • Leia mais

O que os especialistas dizem...

Anderson Chipak surpreendeu a todos com uma técnica simples de compreender, fácil de executar e capaz de realmente trazer para um empreendedor digital a coisa mais importante de todas: resultados.

João Pedro Rezende
CEO e Fundador da Hotmart
www.Hotmart.com

Gostei muito da técnica do Anderson Chipak. Acredito que ela vai ajudar muita gente que está perdida no mundo das informações do internet marketing e quer gerar resultados de verdade.

Conrado Adolpho
Autor do livro 8 Ps do Marketing Digital
www.8ps.com

A estratégia implementada pelo Anderson Chipak para gerar conversões através de conteúdo é absolutamente fantástica. Um verdadeiro guia prático para rentabilizar o seu tráfego de uma forma eficaz e com resultado garantido.

Paulo Faustino
Co-fundador do Afiliados Brasil
www.AfiliadosBrasil.com.br

Conseguir as primeiras vendas de um produto é sempre uma tarefa muito difícil. Mas, com a técnica do Anderson Chipak, com certeza isso será conquistado por muito mais pessoas.

Camila Porto
Especialista em Facebook
www.camilaporto.com.br

Acompanho o Anderson Chipak há um bom tempo e definitivamente TUDO o que ele ensina realmente funciona. As técnicas criadas por ele são demais! Posso comprovar que dá resultados!

Maicon Rissi
Empreendedor Digital
www.MaiconRissi.com

O Chipak consegue sintetizar os conceitos primordiais para que uma pessoa comum possa começar do zero e ter resultados em curto prazo.

Rodrigo Morais
Especialista em Copywritting

O que os alunos dizem...

Ótimo Curso!! Em português não existe nada parecido, depois desse curso minha visão mudou totalmente sobre criação de posts e artigos para venda. Fazendo agora de forma planejada, estruturada e com muito mais facilidade para criar. Não preciso mais ficar horas pensando no que escrever, com a técnica ensinada no Demolição Digital o post é gerado em pouco tempo e recebendo muito mais audiência. Estou totalmente satisfeito.

Fagner Sá de Souza
Aluno de Anderson Chipak

O Demolição é um curso único. O Anderson Chipak faz um passo-a-passo real com os alunos. As aulas são liberadas semanalmente e os alunos têm que seguir fazendo as tarefas. Não tem como não dar certo. Ele está pegando a pessoa pela mão e ensinando como as coisas funcionam de fato. É fantástico. Pode adquirir sem medo.

André Silva Monte
Aluno de Anderson Chipak

Produto Show e Único no mercado digital. Ensinamentos diferenciados e tarefas precisas para colocar em pratica o ensinado. Recomendo 150%.

Alejandro Salinas
Aluno de Anderson Chipak

VICIANTE! É tudo o que eu posso dizer sobre o Demolição Digital. Anderson Chipak acertou a mão na hora de passar o conteúdo em forma de texto. O conteúdo é bem denso e detalhado, fazendo com que seja muito fácil assimilar tudo. Este treinamento foi um achado e tanto para meu futuro como blogueiro empreendedor.

Alan Bruno Chiapetta
Aluno de Anderson Chipak

O curso é espetacular. Só a didática do Anderson Chipak aliado ao formato em texto das aulas, que facilita seguir os passos, já é um diferencial. Mas depois de ver o conteúdo, que é denso e muito detalhado, não tem como errar. Esse curso eu indico de olho fechado. Vale o investimento.

Mauro Pedrini
Aluno de Anderson Chipak

O curso Demolição Digital simplesmente veio para ficar! Conteúdo extremamente poderoso, onde o Anderson ensina passo a passo o caminho das pedras para o sucesso dos seus projetos online, sem enrolação, onde ele ensina a forma correta de como iniciar e manter seu negócio digital tendo lucros vitalícios, se você assim como eu já fez diversos cursos e já está cansado de gastar tanta grana sem obter resultados expressivos e crescentes, acredite o Demolição Digital é pra você! Parabéns Anderson Chipak pelo curso e muito obrigado por compartilhar seus conhecimentos.

Roberto Lorenzo
Aluno de Anderson Chipak

Generosidade !!! É como defino todo o conteúdo que existe dentro desse curso. Imagine alguém pegar o conhecimento que o levou ao sucesso e sem esconder NADA disponibilizar para outros poderem fazer o mesmo... Foi isso que o Anderson Chipak fez ao nos dá a oportunidade de aprender de verdade como se monta um negócio verdadeiramente sustentável na Internet. Só Posso Dizer Obrigado!!!!!

Andérly Lima
Aluno de Anderson Chipak

Estou muito satisfeito com o curso. Material denso, com a profundidade necessária para quem quer estudar e aprender sobre negócio na internet. Falar do autor é fácil, pois tudo que o Anderson Chipak se propõe a fazer, ele entrega com maestria e competência. Nada melhor do que ter uma pessoa assim como nosso coaching. Eu adotei-o. Abs

Laercio Pacanari
Aluno de Anderson Chipak

De todos os cursos que fiz para aprender a trabalhar como afiliado este e o melhor de todos, a maioria dos cursos possuem muita teoria e nada de pratica, no demolição digital tem muita pratica e só não aprende quem não deseja mesmo aprender.

Edmundo França Ribeiro
Aluno de Anderson Chipak

Mindset: a mentalidade molda nosso futuro

As mentalidades moldam a vida que levamos, as ações que tomamos e as possibilidades futuras do mundo em que vivemos.

Nesta cartilha, fornecemos uma visão geral do que são mentalidades, por que elas são importantes e exploramos uma série de práticas que você pode usar para ficar atento a como e por que usá-las.

O que é uma mentalidade?

“Suas crenças se tornam seus pensamentos, seus pensamentos se tornam suas palavras, suas palavras se tornam suas ações, suas ações se tornam seus hábitos, seus hábitos se tornam seus valores, seus valores se tornam seu destino.” – Mahatma Gandhi

Oito princípios podem ser usados ​​para descrever a natureza subjacente das mentalidades.

1) Mentalidades são hábitos mentais

A palavra mentalidade foi usada pela primeira vez na década de 1930 para significar “hábitos mentais formados por experiências anteriores”. Em termos simples, mentalidades são crenças, atitudes e suposições profundas que criamos sobre quem somos e como o mundo funciona.

2) Mentalidades são criadas por experiências

As mentalidades são criadas a partir das distinções que podemos fazer sobre nossas experiências. Nós temos experiências. A partir de nossas experiências, fazemos novas distinções. A partir dessas distinções, criamos novas mentalidades.

3) Mentalidades criam pontos cegos

As mentalidades nos fornecem maneiras fragmentadas de olhar o mundo, nunca com fatos completos do que é. Nós sempre vemos o mundo através do filtro de nossas mentalidades e elas estão sempre incompletas.

4) As mentalidades são auto enganosas

Qualquer tentativa de mudar nossa mentalidade será enfrentada por forças poderosas. Um exemplo dessas forças é a nossa necessidade de confirmação; a busca e a recuperação de informações que reconfirmam nossas crenças pré-existentes.

5) As mentalidades moldam nossa vida cotidiana

Criamos nossa mentalidade e a partir de então, nossa mentalidade nos cria. Nossos pensamentos, palavras e ações irradiam de nossa mentalidade. Se há algo que gostaríamos de mudar em nossas vidas, como ser mais criativo ou melhorar nosso bem-estar, também devemos estar abertos a mudar nossa mentalidade.

6) Mentalidades criam nosso mundo compartilhado

As mentalidades são um poderoso ponto de alavancagem para mudanças culturais e sistêmicas. Se queremos viver de maneira mais consciente no mundo, devemos agir de forma que contribua para isso. Devemos também estar abertos a mudar nossa mentalidade.

7) Mentalidades podem ser desenvolvidas em complexidade

Quanto mais desenvolvidas nossas mentalidades, mais crescemos em níveis de sabedoria e eficácia no mundo. Nossas mentalidades evoluem de simples para complexas, de estáticas para dinâmicas, e de egocêntricas para sócio centradas e mundiais. Nossa capacidade de adotar uma perspectiva melhora, assim como nossa capacidade de abraçar a ambiguidade e manter o paradoxo.

8) Mentalidades podem ser transcendidas

Usando o poder da atenção plena, podemos transcender nossos pontos cegos e forças auto enganadoras, examinar como nossos hábitos mentais se manifestam para criar nossas vidas e nosso mundo – e explorar nossas capacidades coletivas para uma profunda transformação pessoal e social.

Pode-se dizer que não há como evitar os efeitos de longo alcance de nossas mentalidades. Sua teia oculta de influência permeia tudo – o tempo todo. O que está dentro de nós, nossas crenças, atitudes e suposições – se manifesta do lado de fora, moldando nossas possibilidades futuras, tanto no nível individual quanto no coletivo.

9) Por que as mentalidades são importantes

“Não são principalmente os nossos seres físicos que nos limitam, mas a nossa mentalidade sobre nossos limites físicos.” – Ellen Langer

No nível pessoal, examinar mentalidades pode criar cliques sutis e radicais em nossa mente, quando, de repente, novas maneiras de ver, ser e, finalmente, agir se tornam disponíveis para nós. Essas mudanças libertadoras podem transformar significativamente nossas vidas de maneiras surpreendentes e gratificantes. Cultivar essa capacidade é particularmente importante ao se envolver em atividades criativas ou ao participar de processos inovadores, como o design centrado no ser humano.

Para alguns de vocês, isso pode ser uma razão suficiente para investigar a natureza de sua mentalidade. Há, no entanto, uma razão mais profunda para examinar seus hábitos mentais.

“Não é até vermos nossos problemas globais como sintomas de uma crise fundamental e profundamente enraizada – os sintomas de nossa mentalidade individual e compartilhada – que podemos começar a montar uma resposta mais profunda” – Monica Sharma

Vivemos tempos turbulentos. Todo mundo está enfrentando desafios cada vez mais urgentes e profundamente inter-relacionados que nunca enfrentaram antes. Coletivamente, estamos enfrentando um número crescente de crises sociais e ecológicas que continuam a se intensificar e piorar. A principal fonte dos grandes desafios de hoje – a principal causa raiz que cria todas as nossas crises em primeiro lugar – também é a nossa mentalidade. Todos os grandes problemas globais de hoje são consequências de reviver hábitos mentais não examinados.

Assim, a razão mais profunda para examinar nossas mentalidades é para que possamos montar uma resposta autoconsciente aos grandes desafios de nossos dias. Simplesmente não podemos responder a nossos problemas pessoais e globais de maneira significativa, a menos que também aprendamos a examinar nossas mentalidades como parte integrante de como vivemos nossas vidas.

As três mentalidades básicas

“A pergunta mais importante que alguém pode fazer é: que mito estou vivendo?” – Carl Jung

Embora a mentalidade de todos seja única, existem alguns tipos comuns que são úteis para você conhecer.

Isso inclui as mentalidades fixa, de crescimento e benefício, que refletem as crenças comuns que as pessoas têm sobre a natureza do aprendizado e da liderança.

Uma mentalidade fixa é simbolizada pelo especialista cotidiano.

 “Em uma mentalidade fixa, as pessoas acreditam que suas habilidades básicas, sua inteligência, seus talentos são traços fixos. Eles têm uma certa quantia e é isso, e então o objetivo deles é parecer inteligente o tempo todo e nunca parecer burro. ”- Carol Dweck

Uma mentalidade de crescimento é simbolizada pelo aluno comum.

“Numa mentalidade de crescimento, as pessoas entendem que seus talentos e habilidades podem ser desenvolvidos através de esforço e persistência. Eles não necessariamente pensam que todos são iguais ou que qualquer um pode ser Einstein, mas acreditam que todos podem ficar mais espertos se trabalharem nisso. ”- Carol Dweck

Uma mentalidade de benefícios é simbolizada pelo líder cotidiano.

Em uma mentalidade de benefícios, não apenas buscamos realizar nosso potencial, mas escolhemos fazê-lo de uma maneira que contribua para o bem-estar dos outros e da sociedade como um todo. Questionamos “por que” fazemos o que fazemos e acreditamos em fazer coisas boas por boas razões.

As mentalidades básicas na prática

Digamos que você foi fazer compras para comprar comida para o jantar.

Se você fez suas compras no piloto automático, agiu conforme seus padrões habituais e comprou ingredientes para fazer o que faria normalmente, esse é um exemplo de mentalidade fixa.

Em vez disso, você fez compras e pensou em fazer algo novo e diferente e comprou ingredientes de maneira consciente, que é um exemplo de mentalidade de crescimento.

No entanto, se você foi às compras, pensou em fazer algo novo e também considerou o bem-estar da sua comunidade e do planeta – escolhendo opções inovadoras em termos sociais e ambientais, que é um exemplo de uma mentalidade de benefícios.

Este é um exemplo simples de como a mentalidade que adotamos molda nossas ações cotidianas e as possibilidades futuras de nosso mundo.

Escolhendo conscientemente sua mentalidade

“Somos chamados a ser arquitetos do futuro, não suas vítimas.” – Buckminster Fuller

Como podemos nos tornar mais conscientes das mentalidades que estamos vivendo? Há uma ampla gama de práticas para fazer escolhas mais conscientes, aqui estão algumas que merecem destaque.

No nível pessoal, uma prática de atenção plena nos ajuda a tornar-nos mais conscientes de como nossas mentalidades estão se manifestando em nossas vidas e em nosso mundo.

A presença pode ser entendida de três maneiras principais: primeiro como uma estrutura; segundo, como um método para liderar mudanças profundas; e terceiro, como uma maneira de ser – conectando-se aos aspectos mais autênticos do nosso eu e do mundo.

O livro de David Gray, Liminal Thinking, fornece nove práticas para minimizar a distorção da realidade, prever novas possibilidades e criar mudanças positivas. Essas práticas podem ser resumidas em três preceitos simples: 1. Entre em contato com sua ignorância. 2. Procure entendimento. 3. Faça algo diferente.

Quem você quer ser e que tipo de mundo você deseja criar?

 “Você não pode passar um único dia sem ter um impacto no mundo ao seu redor. O que você faz faz a diferença e precisa decidir que tipo de diferença deseja fazer. ”– Jane Goodall

Neste texto, exploramos; o que são mentalidades, por que elas são importantes e forneceram uma série de práticas que você pode usar para ficar atento a como e por que usá-las.